Close
13 de agosto de 2020

O que são os Stakeholders?

Compartilhe este post nas redes sociais!

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Você também pode ouvir esse artigo no player acima.

TEMPO ESTIMADO DE LEITURA: 3 minutos

Chamamos de stakeholder um público definido e estratégico, com interesses em comum em relação à negócios, seja no âmbito de produtos ou serviços.

Stake + Holder

E qual a origem do termo? 

Stakeholder possui duas palavras – em inglês – combinadas: stake (interesse, risco ou participação) e holder (o titular, que possui). Logo, o significado exato da expressão significa: o indivíduo/grupo que possui um interesse no negócio.

No âmbito empresarial, é muito importante identificar os grupos de pessoas ‘interessadas’ no negócio, com vistas a compreender o que se pode otimizar, quais projetos necessitam de melhoria, e, com isso, garantir a tomada de boas decisões que satisfaçam a todas estas pessoas envolvidas. Entender os processos do negócio como algo muito mais amplo, que impacta em maior ou menor grau diversos setores e profissionais, proporciona a visão macro que possibilita trabalhar os diversos aspectos de uma empresa.

Ao pensarmos rapidamente sobre o assunto, é comum lembrarmos de colaboradores e clientes como os únicos stakeholders de uma organização. Quando olhamos com mais atenção, vemos que existem muito mais grupos envolvidos. Note:

Clientes, colaboradores, gestores, fornecedores, proprietários, acionistas, investidores, comunidade local, sociedade, governo.

Estes são alguns grupos de interesse para qualquer tipo de negócio e que balizam a maior parte das decisões dos empresários. Tais decisões devem ser verificadas com atenção, sobretudo antes mesmo de iniciar os projetos.

Para facilitar a compreensão, vamos dividir os stakeholders em duas categorias: stakeholder interno e stakeholder externo. 

Stakeholders Internos

Os stakeholders internos são as pessoas da própria empresa, aquelas que possuem vínculo formal, como colaboradores, gestores e proprietários.

No âmbito interno, a comunicação precisa fluir de forma plena para que os processos se desenvolvam de maneira satisfatória e tragam os resultados esperados. Não há como ignorar os diferentes objetivos, visões e interesses de cada pessoa. A definição de metas em comum, uma linha clara de gestão e a favorável comunicação interna são as bases para a solidez deste grupo.

Stakeholders Externos

Já os stakeholders externos estão fora do time da empresa, mas são tocados pelas decisões tomadas no negócio. São stakeholders externos: fornecedores, comunidade local, sindicatos, clientes, credores e governo, por exemplo.

E para quem está com dúvidas sobre como estes stakeholders externos afetam a empresa, imagine a seguinte situação hipotética: a empresa precisa construir uma obra em que a vida das pessoas no entorno será alterada. Neste sentido, várias decisões tomadas neste processo de construção devem ser balizadas pelos interesses da comunidade local. Em um caso como esse, o sucesso do empreendimento depende, portanto, das considerações que a própria comunidade propõe, sendo que a abertura de um canal de comunicação para que o cidadão contribua é uma importante decisão. Caso a empresa opte por desconsiderar a opinião deste grupo, pode trazer sérios prejuízos para sua imagem e reputação.

Identificando os stakeholders

Por todo o exposto, fica clara a necessidade de identificar os stakeholders da empresa e fazer os planejamentos com bastante cuidado para não afetá-los negativamente.

Quando dedicamos uma gestão qualificada aos stakeholders, possibilitamos que haja uma comunicação entre esses diferentes grupos e a empresa, evitando imprevistos ou resultados indesejados. 

Você sabe definir quais são os seus stakeholders e como participam da dinâmica do seu negócio?

Conta para nós nos comentários!

Você também pode gostar de:

Open chat
Envie uma mensagem!