Close
19 de maio de 2020

O que é Inbound Marketing?

Compartilhe este post nas redes sociais!

Facebook
Twitter
LinkedIn

Fazendo o Cliente Vir Até Você

TEMPO ESTIMADO DE LEITURA: 8 MINUTOS
Você também pode ouvir esse artigo no player acima.
🙂

O inbound marketing, também conhecido como marketing de atração, é baseado em um conjunto de estratégias. Nesse sentido, o conteúdo relevante desempenha um papel fundamental. Através desse tipo de marketing, é possível atrair um público qualificado e guiá-lo ao longo de um funil de vendas.

Esse processo ocorre ao fornecer conteúdos pertinentes em todas as fases do funil, desde o primeiro contato até a finalização da compra. Dessa forma, é importante utilizar palavras de transição para conectar as ideias de forma coesa e fluída.

Neste processo, são percorridas diversas etapas, que vão desde a simples curiosidade que leva o usuário até a marca, até o fechamento do negócio. Ao longo desse percurso, ocorrem interações significativas que impulsionam as vendas. Dessa forma, é fundamental compreender as diferentes fases e utilizar palavras de transição para evidenciar a progressão do processo e destacar o resultado final obtido.

A palavra de ordem é ATRAIR.

O Guia Quatro Rodas nos esclarece alguns pontos

Para ilustrar nossa explicação, você se lembra do Guia Quatro Rodas?

Essa cartilha turística, que completou 50 anos em 2015, pode ser considerada um bom exemplo de inbound marketing. No entanto, o formato, atualmente, é menos utilizado. A evolução das estratégias de marketing digital trouxe novas abordagens e ferramentas que permitem alcançar o público-alvo de maneiras mais eficientes e direcionadas. Apesar disso, é válido reconhecer a importância histórica desse exemplo de inbound marketing e como ele se adaptou às necessidades da época.

Durante muitos anos, o Guia Quatro Rodas foi uma fonte muito relevante de informações ao usuário quando surgia a necessidade de um roteiro turístico para um momento de lazer. Além disso, o próprio usuário era quem buscava pelas respostas no Guia, enquanto o conteúdo apenas aguardava até o momento em que seria útil ao cliente. Nesse sentido, ao disponibilizar o conteúdo certo, o Grupo Abril promovia sua marca e seus produtos.

Dessa forma, o Guia Quatro Rodas se estabeleceu como uma referência confiável, sendo uma estratégia eficiente de marketing, pois aproveitava a demanda do público-alvo e fornecia informações valiosas no momento certo.

Inbound + Digital

Essa mesma ideia permanece até hoje, porém, com mais força em razão da potência do digital. A grande mudança no formato do marketing, promovida pela era digital, foi justamente a disponibilidade de conteúdos capazes de atrair um público que decide a informação que consome e quando isso acontece.

Além disso, as pessoas não esperam mais as soluções com o ouvido atento ao rádio; em vez disso, elas solucionam suas dúvidas em alguns minutos por meio de pesquisas no Google ou outros sites. Ademais, hoje, para um marketing mais efetivo, é fundamental ter um conteúdo relevante que forneça essas respostas para o cliente. Isso se torna crucial para atender às demandas e expectativas do público-alvo de forma satisfatória.

Inbound x Outbound

Em regra, no outbound marketing, há um movimento da marca para chegar até o indivíduo e instigá-lo à ação. No entanto, o grande diferencial do inbound marketing como modelo para publicidade é sua forma de entregar algo relevante ao usuário e transformá-lo em lead.

Ao contrário do outbound, onde a abordagem é mais direta e ativa, no inbound marketing a estratégia é atrair o público por meio de conteúdo de qualidade, de maneira passiva, e assim gerar interesse e envolvimento. Isso cria uma relação mais orgânica e duradoura com o público-alvo, tornando-o um potencial cliente qualificado.

Observe as etapas:

– Em primeiro lugar, a marca oferece um conteúdo relevante para solucionar um problema do seu público;
– Em segundo lugar, o conteúdo atrai a atenção de um certo volume de usuários;
– Os usuários vem até a página da empresa;
– Os usuários que se interessam pelo conteúdo podem ser convertidos em leads;
– Finalmente, os leads podem fechar negócio com a empresa e tornarem-se clientes.

Neste contexto, o meio digital desempenha um papel crucial, sendo responsável pela disseminação da informação e pela coleta de dados. Além disso, as métricas do meio digital proporcionam um ambiente de excelente mensuração. Por meio delas, é possível verificar tudo que atrai ou afasta o público, analisar as estratégias implementadas e avaliar os respectivos resultados obtidos.

Com base nessas informações, é possível aprimorar cada vez mais as ações de marketing, adaptando-as e otimizando-as de acordo com as necessidades e preferências do público-alvo.

Mas não é só isso. Com a disponibilização de conteúdo relevante, a empresa tende a tornar-se autoridade no assunto e alcançar maior credibilidade, tanto para seu público-alvo quanto para a sociedade.

Formas de fazer Inbound Marketing

Existem diversas estratégias de inbound marketing para atração de leads. Vejamos algumas:

Blog: o blog é uma excelente plataforma para disponibilização de conteúdo e vem sendo amplamente utilizado pelas empresas. 

Redes Sociais: todos sabemos que as redes sociais são uma vitrine e, portanto, podem constituir-se em um bom canal de comunicação e engajamento do cliente com a empresa. Além disso, fazer parte do mundo virtual do cliente e oferecer conteúdo de qualidade para atraí-lo é um grande ponto forte das redes. Adicionalmente, as redes sociais possibilitam promover interações e, consequentemente, estabelecer um relacionamento mais humanizado com o público.

SEO: técnicas de SEO permitem dar maior visibilidade para um site nas buscas do Google, de forma a atingir o público que, através de palavras-chave relacionadas a produtos e serviços, busca soluções na web para suas necessidades.

As etapas do inbound marketing

As estratégias listadas acima levam o usuário pelas etapas do inbound, vamos relembrá-las:

Atrair o usuário para a sua página;
Oferecer soluções úteis; 
Conduzir pelo funil de vendas;
Transformar em lead;
E finalmente, fechar negócio.

Bom, não dá mesmo para negar a importância dos meios digitais e, cada vez mais, as empresas que não aderirem a eles tendem a ficar para trás. De qualquer forma, os meios tradicionais de se fazer marketing continuam relevantes.

A conclusão que tiramos deste artigo é de que não há apenas uma forma de fazer marketing, uma técnica que se sobreponha a outra, ou uma hierarquia entre o inbound e outbound. A capacidade de captação de leads da empresa está na eficiência da sua estratégia pré-definida, com técnicas de marketing online e offline utilizadas da maneira correta e na medida certa para cada público.

Este artigo pode ser o primeiro passo para a entrada da sua empresa no inbound marketing. Agora, passamos da organização de estratégias que impulsionam a marca para os aspectos práticos de expansão dos negócios, tema do nosso próximo artigo.

Nos vemos lá!

Você também pode gostar de:

Categorias
Envie uma mensagem!